First slide First slide

Restaurante inventou um novo clássico da comida nordestina

Texto por: Steph Minucci | Fotos por: Beá Lima e Steph Minucci

  • Comida nordestina
  • Delivery

Parque do Rodeio, Cohab Inácio Monteiro, Zona leste de São Paulo.

– Oi, moço, onde tu comprou essa marmita aí?
– Comprei no restaurante seguindo a rua aqui, aquela casa do norte

Diálogo direto e reto. Mas foi assim que eu descobri a Casa do Norte Maria Bonita.

Ninguém nota um movimento muito significativo quando passa na Rua Cachoeira Morena de manhã ou de noite, mas no horário de almoço, entre 12h e 14h, não tem jeito: é notável o constante fluxo de pessoas. O pessoal disputa avidamente uma das oito mesas – ou uma marmita – na Casa do Norte Maria Bonita. A dona do local não se chama Maria, se chama Areta Camargo, tem 31 anos, e também mora no bairro onde se encontra o restaurante, Cohab Inácio Monteiro, um lugarzinho entre Cidade Tiradentes e Guaianases. Areta abriu o, até então, Bar Maria Bonita, em 9 de julho de 2008, junto com seu marido Michel Paulino, de 34 anos. Era pra ser só um bar, mas aí… “Os clientes começaram a pedir comida e, dois meses depois, nós começamos a vender os pratos do norte mais famosos: arrumadinho e baião de dois.”, conta.

O prato mais pedido é o que dá nome ao restaurante, o Maria Bonita, porque foi elaborado pela galera que trampa ali. Ele inclui arroz com jabá, feijão fradinho, costela frita, carne seca desfiada, queijo coalho e vinagrete e custa R$17,00, a menor porção, e R$32,00, a maior. A coisa é bonita mesmo e não tem miséria. Mesmo a porção pequena, vem um montão.

Se você estiver com menos fome – porque pra comer no Maria Bonita tem mesmo que ter espaço no estômago – rola uma feijoada mais leve do que a tradicional, a feijoada light, que vem sem pé e orelha, e custa R$25,00, a porção pequena, e R$36,00, a grande. Os pratos mais baratos têm preços que variam de R$12,00 até R$26,00, e tem desde macarrão até picadinho. Os mais caros têm preços que variam de R$18,00 até R$36,00, e têm desde as duas opções de feijoada – a tradicional e a light – até parmegiana de filé de frango ou de bife. Comida boa e com sustância, o Maria Bonita acabou se tornando uma referência para as famílias do bairro. Também sai muita marmita para os professores e funcionários da escola que fica no final da rua, E.E. Cohab Inácio Monteiro. É ao lado dessa escola, que fica o Parque do Rodeio, onde os jovens e as famílias da redondeza se encontram, fazem festas nos quiosques, andam
de bicicleta, skate e patins – e de quebra ainda rola aquele futebol entre as minas e os manos.

 

Destaque

Maria Bonita - arroz com jabá, feijão fradinho, costela frita, carne seca desfiada, queijo coalho e vinagrete (R$17 a porção pequena, R$32 a grande); Feijoada Light (R$25 a porção pequena, R$36 a grande)

Preço Médio

R$24

Como Chegar

Saindo do Term. Cidades Tiradentes, pegue o N44111 ou o 312N-10 sentido São Miguel Pta. Esse mesmo ônibus passa na estação de trem Guaianases. Peça para descer no 2º ponto após o Parque do Rodeio.
Saindo de Guaianases: pegue o 3025-10 (Jd. Wilma Flor) e peça para descer no ponto antes do Parque do Rodeio.

Ouça a reportagem

Voltar

(FECHADO) BartPapo

Samba-rock em família: Há 13 anos, bar desenvolve projeto de dança destinado aos moradores da zona norte

Casa Verde Bahia

Lanches, pratos variados e pipoca no Cine Favela

Pular para o conteúdo